Terapia para dependentes químicos

Terapia para dependentes químicos


Entre os tratamentos para pessoas que são doentes está a terapia para dependentes químicos, sendo que muitas dessas pessoas acreditam que esse não é um processo tão importante, sendo assim, é importante compreender como funciona esse tipo de trabalho e processo para reabilitação do dependente químico.

O ideal é saber como começar a agir com essa pessoa, porque muitas vezes ela não compreender que efetivamente está doente e que precisa de ajuda, na maioria dos casos as pessoas não aceitam que estão doentes e acreditam que podem parar quando bem entender.

 

Como funciona a terapia para dependentes químicos?

Certamente muitas pessoas tendem a ficar em dúvidas sobre como funciona a terapia para dependentes químicos, sendo que esse é um momento muito importante na recuperação do paciente que está doente e com dependência química.

Por exemplo, a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC), nada mais é do que uma espécie de abordagem psicológica, e que realmente visam corrigir as distorções cognitivas que são pensamentos e crenças mal adaptativas, sendo que os comportamentos inadequados possuem em relação a droga também são analisados.

Sendo assim, essa abordagem mais básica da TCC pode realmente ser resumida em reconhecer, evitar e ainda criar habilidades para finalmente enfrentar situações que favorecem o uso de drogas.

Geralmente essas sessões seguem uma estrutura bem padronizada e claramente os indivíduos que possuem um papel ativo nesse tratamento! Logo depois da motivação e implementação de estratégias para realmente interromper o uso da droga, então surge uma tarefa mais difícil que diz respeito a evitar em que o indivíduo volte a consumi-la.

Sendo assim, essa terapia para dependentes químicos, visa um modelo de prevenção de recaída, permitindo ainda a incorporação dos aspectos cognitivos comportamentais e ainda realiza treinamentos para que as habilidades/estratégias de enfrentamento de situações de risco deem resultados, além de é claro, promover várias modificações no estilo de vida desse individuo em questão.

Além do mais, esses procedimentos podem ser usados juntamente com outros tipos de tratamentos e demais abordagens terapêuticas, sempre desde que estejam baseados em moderação e abstinência.

Além disso, é justamente através desta técnica que é possível ensinar ao paciente, algumas estratégias de enfrentamento para evitar várias situações que são consideradas como perigosas principalmente no que se refere a recaídas.

Além disso, é justamente através da repetição mental e de outras técnicas, que existe a possibilidade de minimizar o uso da substância justamente depois que esse deslize acabe ocorrendo.

 

Procurando ajuda em centros de reabilitação

Atualmente existe a possibilidade de buscarmos ajuda diretamente nos centros de reabilitação, justamente porque os mesmos são essenciais principalmente no que se refere à readaptação do dependente à sociedade.

Sendo assim, é importante que os familiares e a pessoa que esteja na dependência queiram ir em busca de ajuda, desta forma, conseguirão então buscar acompanhamento multidisciplinar e ainda terapias para o dependente e até mesmo sua família.

Para buscar uma boa clínica de recuperação é importante entender o funcionamento da mesma, verificar os tratamentos prestados, e ainda analisar a infraestrutura completa do ambiente, além de que buscar depoimentos de ex pacientes é essencial nesse processo.