(11) 4266-0513 (11) 4249-0221 (11) 97011-0268 (11) 94797-6909
Recuperação de jovens com dependência química

Recuperação de jovens com dependência química


Muitos dos dependentes químicos iniciaram seu relacionamento com as drogas exatamente no lugar onde se suporia que estariam mais seguros: dentro de casa. Na realidade, de acordo com a Dra. Sandra Schivoletto, psiquiatra, Coordenadora Executiva do Grupo de Estudos de Álcool e Drogas e Responsável pelo Ambulatório de Adolescentes e Drogas do Departamento de Psiquiatria da USP - Universidade São Paulo, em entrevista exclusiva para esta reportagem, é em casa, em família, que as crianças aprendem como se relacionar com as substâncias químicas.

O problema, segundo profissionais como a psiquiatra Sandra, é que muitas famílias adotam um modelo de comportamento permissivo em relação às substâncias químicas, utilizando-as como alternativa para a solução imediata de suas angústias. A Dra. Sandra explica que, até o fim da infância, os pais são vistos como referência do que é certo e somente na adolescência, quando passam a ter contato com outros modelos de comportamento, que começam a questiona-los. Mas é na infância que o indivíduo estabelece sua forma de lidar com o mundo, com as angústias e com as emoções.

Junta-se a este modelo familiar descrito pela psiquiatra uma das características mais típicas dos adolescentes: o imediatismo. Com estes ingredientes está criado o ambiente onde a dependência química se instala. O adolescente está preocupado com o agora, e não com o daqui um ano, por isso, escolhem o prazer imediato em detrimento da saúde a longo prazo. Em um modelo familiar deste tipo, o adolescente não aprendeu a lidar com a tristeza, o cansaço, a frustração. Para aliviar os seus problemas, ele aprendeu que a saída é tomar um comprimido, beber alguma coisa, ou qualquer outra solução imediata que dê prazer e/ou alívio.

É muito comum o indivíduo experimentar o álcool ou qualquer tipo de droga em função do relacionamento familiar. A falta de atenção e amor dos pais para com o indivíduo, as constantes discussões entre os pais, a agressão familiar, a falta de compreensão, as regras e normas impostas (muitas vezes de forma excessiva), o excesso de liberdade, os locais e pessoas com aos quais os pais se relacionam, o excesso de cobrança de resultados nos estudos e no trabalho, o excesso de mimo, o uso de álcool e drogas dos próprios pais, são fatores que normalmente fazem com que haja fuga do indivíduo para grupos sociais onde a droga e o álcool são as “soluções dos problemas”.

Hoje, infelizmente dentro de nossas casas é comum ter bebida alcoólica, é comum os filhos verem os pais se divertindo bebendo em festas, viagens, churrascos, encontro familiar ou com amigos. A cabeça de uma criança diante dessa situação associa que o álcool é bom, pois os pais estão sempre alegres e felizes quando bebem, daí a curiosidade de experimentar e quando vai se dar conta já é um alcoólatra.

Diante deste cenário, a Clínica de recuperação Desintoxicação conta com unidades exclusivas para adolescentes, onde cada um será tratado conforme a droga que ele estiver consumindo, mas normalmente é necessário administrar outro elemento químico ou medicamento, para suprir a retirada repentina da substância habitualmente ingerida.

O tratamento reúne etapas importantes, tais como: desintoxicação; aplicação da Terapia Cognitivo-Comportamental, pela qual o paciente é levado a entender sua doença e mudar seu comportamento; e ressocialização, em que  ele se prepara para reencontrar sua família, seus amigos, seu trabalho. Mostraremos a cada um, o seu verdadeiro potencial e assim, aumentaremos a confiança, autoestima e sucesso no tratamento.

Blog

Fique atento a todas informações sobre as clínicas de recuperação


Tratamento da Dependência Química Feminina SP

Tratamento da Dependência Química Feminina SP

O tratamento da dependência química ou alcoolismo Feminina SP, sempre que possível, deve ser realizado com o consentimento e o desejo do dependente. A conscientização da necessidade de tratamento pelo dependente, muitas vezes, faz diferença em relação ao tempo de internação e tratamento....
Logo
Tratamento da Dependência Química em Boituva

Tratamento da Dependência Química em Boituva

O tratamento da dependência química ou alcoolismo em Boituva, sempre que possível, deve ser realizado com o consentimento e o desejo do dependente. A conscientização da necessidade de tratamento pelo dependente, muitas vezes, faz diferença em relação ao tempo de internação e tratamento....
Logo
Tratamento da Dependência Química em Pirituba

Tratamento da Dependência Química em Pirituba

O tratamento da dependência química ou alcoolismo em Pirituba, sempre que possível, deve ser realizado com o consentimento e o desejo do dependente. A conscientização da necessidade de tratamento pelo dependente, muitas vezes, faz diferença em relação ao tempo de internação e tratamento....
Logo
Tratamento da Dependência Química em Araras

Tratamento da Dependência Química em Araras

O tratamento da dependência química ou alcoolismo em Araras, sempre que possível, deve ser realizado com o consentimento e o desejo do dependente. A conscientização da necessidade de tratamento pelo dependente, muitas vezes, faz diferença em relação ao tempo de internação e tratamento....
Logo