(11) 4266-0513 (11) 4249-0221 (11) 97011-0268 (11) 94797-6909
Internação Psiquiátrica

Internação Psiquiátrica


Antigamente, muitas explicações sobrenaturais eram dadas para o transtorno mental, portanto era um assunto envolto de ideias mágicas e que gerava muito sofrimento àqueles que eram acometidos por ela, dadas as concepções religiosas da época. A doença mental manifestava à sociedade a realidade do pecado e a vingança divina aos ataques de Satanás, de modo que os transtornos psíquicos eram conhecidos como uma enfermidade da alma, uma lepra moral, e que poderiam ser curados por meio de penitência e de ritos religiosos.

O transtorno mental só passou a ser considerado doença no século XVIII, por Philippe Pinel (1745-1826), que propunha o "tratamento moral" desses doentes, o qual consistia em corrigir os excessos passionais e desvios da norma ética. Os doentes foram libertos dos grilhões, eram tratados com carinho e tinham suas necessidades físicas satisfeitas, porém permaneceram nos asilos e manicômios, por acreditarem que a sociedade e a família eram estímulos negativos. Consideravam que o indivíduo estava desequilibrado, e o manicômio era o lugar ideal de equilíbrio, reordenação e reeducação.

Assim, percebe-se, historicamente, que houve grande necessidade de confiná-los, primeiro em prisões, depois em asilos e, mais adiante, em hospitais ou clínicas psiquiátricas, de modo que por muito tempo permaneceram excluídos e marginalizados. Afinal, tornava-se mais fácil esconder aquilo que não era entendido ou aceito.

O sofrimento a que os doentes mentais foram submetidos ao longo da história deve-se à dificuldade humana em lidar com a complexidade das funções da mente e das diferenças, bem como com a proximidade da loucura e da doença. No entanto, com a Reforma Psiquiátrica, iniciada durante a década de 1970 na Itália, tendo como precursor o psiquiatra Franco Basaglia (1924-1980), uma luz começou a surgir no fim do túnel para os indivíduos acometidos por doenças da esfera mental.

Uma das propostas da Clínica de Recuperação Grupo Casoto é realizar a Internação Psiquiátrica com empenho e dedicação por parte da Equipe Multidisciplinar altamente capacitada no assunto. Trabalhamos com ética e segurança para garantir uma reabilitação completa na vida do paciente.

Venha nos conhecer. Estamos 24 horas à disposição!

Blog

Fique atento a todas informações sobre as clínicas de recuperação


Tratamento da Dependência Química Feminina SP

Tratamento da Dependência Química Feminina SP

O tratamento da dependência química ou alcoolismo Feminina SP, sempre que possível, deve ser realizado com o consentimento e o desejo do dependente. A conscientização da necessidade de tratamento pelo dependente, muitas vezes, faz diferença em relação ao tempo de internação e tratamento....
Logo
Tratamento da Dependência Química em Boituva

Tratamento da Dependência Química em Boituva

O tratamento da dependência química ou alcoolismo em Boituva, sempre que possível, deve ser realizado com o consentimento e o desejo do dependente. A conscientização da necessidade de tratamento pelo dependente, muitas vezes, faz diferença em relação ao tempo de internação e tratamento....
Logo
Tratamento da Dependência Química em Pirituba

Tratamento da Dependência Química em Pirituba

O tratamento da dependência química ou alcoolismo em Pirituba, sempre que possível, deve ser realizado com o consentimento e o desejo do dependente. A conscientização da necessidade de tratamento pelo dependente, muitas vezes, faz diferença em relação ao tempo de internação e tratamento....
Logo
Tratamento da Dependência Química em Araras

Tratamento da Dependência Química em Araras

O tratamento da dependência química ou alcoolismo em Araras, sempre que possível, deve ser realizado com o consentimento e o desejo do dependente. A conscientização da necessidade de tratamento pelo dependente, muitas vezes, faz diferença em relação ao tempo de internação e tratamento....
Logo