Dependência Química

Dependência Química


Sabe-se que a dependência química é considerada como uma doença crônica, de modo que, na maioria das vezes, o dependente não tem controle sobre a sua própria situação. Muitos acham que podem abandonar a substância a qualquer momento e se recusam a fazer qualquer tratamento dependente químico.

No entanto, o uso contínuo de substâncias químicas vai prejudicando o organismo todo pouco a pouco, podendo até levar à morte. É aí que está a importância da família no processo de recuperação. O tratamento dependência química começa com a procura de uma clínica especializada. O dependente provavelmente não fará isso, portanto, é uma missão dos seus entes queridos.

Cabe à família conversar com a pessoa que vem demonstrando compulsão pelo uso de certas substâncias, que sofre com crises de abstinência, ansiedade e outros sintomas e procurar estabelecer um diálogo franco, mostrando a preocupação e indicando um tratamento de dependentes químicos como solução, inclusive o tratamento para dependentes químicos gratuito. É provável que a pessoa não aceite de primeira, mas é necessário insistir e optar pela internação involuntária, se for o caso.

Depois desse primeiro passo, durante o tratamento para dependente químico, os familiares também precisam marcar presença. Estudos já comprovaram que quando uma pessoa se submete ao tratamento sozinha, as chances de sofrer com recaídas aumentam bastante. Um grupo de apoio sólido e bem estruturado é fundamental para enfrentar qualquer desafio da vida e essa regra também vale nesse caso.

Se durante o tratamento dependentes químicos o paciente tiver pessoas nas quais pensar e por quem mudar de vida, ele se tornará mais resistente. Terá mais vontade de se submeter aos tratamentos para dependentes químicos, como desintoxicação, psicoterapia e reuniões de grupo e, por consequências, eles surtirão um efeito melhor.

Portanto, se você tem alguém na sua família que está sofrendo com a dependência, não cruze os braços. A sua presença e a sua colaboração podem ser cruciais para salvar a vida de alguém. O tratamento para dependentes químicos só é bem sucedido quando há uma parceria entre clínica, família e paciente. Faça a sua parte, ajude na recuperação de um dependente químico e participe ativamente dessa mudança de vida. Você é muito importante, não tenha dúvidas!