Clínica de recuperação no Pará – PA

Clínica de recuperação no Pará – PA


A quantidade de dependentes químicos tem crescido consideravelmente em todo o país, incluindo na região norte. Isso faz com que inúmeras pessoas busquem os serviços de uma clínica de recuperação no Pará – PA, em especial em Belém.
No entanto, a maioria das pessoas não sabe como é realizado o tratamento de dependência química e alcoolismo e de que forma ele pode ajudar aos dependentes químicos no seu processo de recuperação. Pensando nisso, ao longo deste post, serão indicadas informações relevantes quanto ao tratamento e aos serviços da clínica de recuperação que irão auxiliar na escolha da mesma.

O que é uma clínica de recuperação?

Uma clínica de recuperação no Pará – PA é um espaço destinado a todas aquelas pessoas que estão à procura de um tratamento de dependência química e alcoolismo, seja para si mesma ou para um familiar. O principal objetivo desse tipo de instituição é curar os vícios e amenizar os sintomas da abstinência química.
É muito comum que surjam dúvidas quanto ao tratamento e funcionamento da clínica de recuperação durante a pesquisa pela mais indicada para a internação do usuário. Por isso, é tão importante copilar o máximo de informação possível sobre cada uma delas.
De maneira geral, esse tipo de instituição possui espaços diferenciados, como forma de atender melhor as necessidades dos usuários. Além disso, elas possuem uma equipe de profissionais capacitados, que oferecem o apoio necessário para que eles voltem a ter uma vida saudável, normal e sob controle.

Quais são os tipos de internação?

Conforme citado acima, uma clínica de recuperação em Belém têm toda estrutura e acomodações necessárias, para aplicar o tratamento de dependência química e alcoolismo que os usuários precisam. Isso inclui mais do que uma estrutura, também envolve uma equipe especializada e um ambiente tranquilo e discreto.
Quando o próprio usuário percebe o seu grau de dependência e decide procurar ajuda voluntariamente, ele é internado de maneira imediata. No entanto, isso dificilmente acontece. Na maioria das vezes é necessário que a família intervenha e recorra á internação involuntária. Nesse último caso, a clínica de recuperação se responsabiliza pela busca, transporte e reabilitação dos dependentes químicos.
O tratamento inicia com o atendimento individual do usuário pelos profissionais da equipe e até mesmo pela prescrição de medicamentos que serão utilizados durante o período de internação. Essas formas de tratamento de dependência química e alcoolismo podem ser usados de maneira isolada ou em conjunto com outros métodos, dependendo do perfil dos usuários.

Descubra quais os principais tipos de tratamento

A clínica de recuperação é o ambiente propício para a realização de um tratamento de dependência química e alcoolismo eficaz, que possibilite ao dependente a reabilitação do seu vício bem como, a sua completa ressocialização na sociedade e na sua família.
Apesar de haver uma variedade de tratamentos para dependentes químicos, é comum que as clínicas de recuperação ofereçam dois principais métodos de reabilitação, são eles:
Tratamento interno: Ao ser submetido a esse tipo de tratamento, o usuário fica internado em uma clínica de recuperação por tempo integral, ou seja, durante todos os dias da semana. A durabilidade da internação, varia entre um prazo de 28 dias até mais de seis meses, a depender de cada caso. Durante o internamento, uma equipe multiprofissional acompanha e observa os aspectos psicológicos e físicos do dependente.
Tratamento externo: Nesse tratamento de dependência química e alcoolismo não há a necessidade de internação do dependente em uma clínica de recuperação. Ele apenas frequenta a instituição para participar de sessões psicológicas individuais com uma equipe de profissionais e/ou dos grupos de apoio coletivo, como por exemplo, os Alcoólicos Anônimos.

Considerações finais

Obter informações sobre os serviços que uma clínica de recuperação pode oferecer, é o ponto de partida para a escolha do tratamento de dependência química e alcoolismo adequado para a reabilitação do dependente químico. Nesse sentido, é de suma importância conhecer quais os métodos de tratamento oferecidos pela clínica bem como, a assistência que a mesma pode proporcionar para o usuário.
Nos casos de internação involuntária esses aspectos devem ser analisados de forma mais minuciosa, principalmente por envolver uma internação e técnicas de reabilitação, que afetam diretamente a segurança e a vida do dependente.