(11) 4249-2545 (11) 94797-6909
Chamar pelo WhatsApp

Como Internar uma Pessoa com Esquizofrenia ?


Como Internar uma Pessoa com Esquizofrenia ?

Muitas vezes há uma busca sobre como internar uma pessoa com esquizofrenia, justamente porque existem pessoas com esse transtorno a algum tempo, e é bem difícil entender como essa doença acaba agindo na vida da pessoa.

No passado, as pessoas atribuíam as doenças mentais ao sobrenatural, logo, esse assunto era completamente envolto de ideias mágicas, e que ainda gerava muito sofrimento aos que eram acometidas por ela e por pessoas da família. Isso porque as convicções religiosas do passado, não ajudavam em nada, ao entendimento das doenças mentais, porém isso mudou muito de lá para cá.

 

Entenda como internar uma pessoa com esquizofrenia

Antes de entender como internar uma pessoa com esquizofrenia é importante compreender que as doenças mentais só começaram a ser consideradas assim a partir do século XVIII, por Philippe Pinel (1745-1826).

Nessa época o mesmo começou a propor o “tratamento moral” das pessoas doentes, sendo que isso acaba consistindo em corrigir por completo os excessos passionais e ainda os desvios da norma ética.

A partir daí, os doentes foram libertos dos grilhões, sendo tratados ainda com muito carinho, tendo suas necessidades físicas satisfeitas, entretanto, permaneciam em asilos e manicômios, justamente por acreditarem que a sociedade e a própria família acabavam sendo estímulos negativos.

Desta forma, é possível perceber historicamente que havia necessidade de confinar os doentes primeiro nas prisões, depois nos asilos e por fim em hospitais e clínicas psiquiátricas, de modo que os mesmos acabavam ficando meio reclusos.

Atualmente para entender como internar uma pessoa com esquizofrenia, podemos dizer que os tratamentos e as internações são realizados com equipes multidisciplinares, essas mesmas especializadas em doenças mentais.

Sobre a esquizofrenia, podemos salientar que a mesma ainda não tem causa exata para aparecer, porém, é sabido que uma combinação de fatores, tais como: genética, ambiente, estrutura e química cerebrais alteradas pode realmente influenciar por completo.

Além do mais, em relação a doença, é preciso entender que a mesma é caracterizada por pensamentos e experiências que não possuem quaisquer contatos com a realidade, apresentam fala e comportamento desorganizado e a participação na vida cotidiana é reduzida.

Sobre o tratamento, é preciso saber que em geral o mesmo deve ser feito a vida toda e ainda envolve psicoterapia, administração de medicamentos e ainda de serviços de cuidados especializados.

 

Quanto internar uma pessoa com esquizofrenia?

Na verdade, entender como internar uma pessoa com esquizofrenia é essencial, e atualmente existem várias clínicas especializadas em lidar com esse transtorno mental, porém, a dúvida muitas vezes é saber quando é o momento de solicitar a internação.

A internação precisa mesmo ocorrer quando o paciente de fato apresenta um quadro grave, onde o mesmo não faz mais uso dos medicamentos da forma adequada, quando não apresenta remissão dos sintomas mesmo fazendo uso das medicações.

Na verdade, a internação deve ocorrer principalmente quando há riscos devido aos sintomas da esquizofrenia, sendo assim, a pessoa precisa de fato ser internada para não ferir a si e as demais pessoas ao redor.

Entramos em contato

Aceitamos diversos planos de saúde consulte
Planos de saúde