(11) 4266-0513 (11) 94797-6909

Topiramato - Remédio para desintoxicação

Data: 17/03/2017 Categoria: Saúde / Voltar

Topiramato - Remédio para desintoxicação

Utilizado mais com pacientes que sofrem com a síndrome de Lennox-Gastaut e com crises de epilepsia, o Topiramato já vem sendo indicado para outras finalidades, como, por exemplo, no tratamento e controle da enxaqueca, bem como para desintoxicação dos usuários de drogas.

No artigo de hoje apresentamos algumas dicas sobre o Topiramato, medicamento também utilizado para desintoxicação. Veja algumas delas:

Bula do Topiramato

A bula do Topiramato apresenta que o remédio traz 25 mg, 50 mg ou 100 mg da droga, dependendo da quantidade indicada pelo médico. As contraindicações são para pacientes alérgicos ao componente ou a qualquer outro ingrediente do produto. Ele não deve ser utilizado na gravidez, se orientação médica.

Indicação do Topiramato

Como o Topiramato age diretamente no sistema nervoso central do organismo, tende a provocar efeitos colaterais, além da diminuição do apetite. Estudos mostram que ele já foi testado para dependentes de álcool e cigarro, principalmente quando aliado a acompanhamento médico e terapia. Mas, por outro lado, quando se trata de drogas ilícitas, como, por exemplo, a maconha e a cocaína, os resultados já não são tão eficazes.

Tratamento de alcoolismo

Pesquisas realizadas com uso de Topiramato para alcoólatras tem tido bons resultados. Os números mostram um bom índice no abandono no vício do alcoolismo e mesmo os pacientes que continuaram a beber, os relatos foram de que as doses foram diminuídas e os sintomas da crise de abstinência foram reduzidos.

Perigos do medicamento

Sabe-se que ele causa perda de peso, por isso é preciso cautela no seu uso para inibição do apetite, tratamento da obesidade e combate da enxaqueca, já que há relações do
Topiramato com casos de anorexia nervosa. Além disso, ele pode trazer alguns efeitos colaterais como nervosismo, sonolência, confusão mental e até dores nos olhos e redução da acuidade visual.

O mais indicado é que em casos de vícios e dependências químicas, seja qual droga for, licita ou ilícita, deve-se procurar ajuda médica e não fazer a administração de nenhum medicamento sem acompanhamento de um profissional da área de saúde e com receita médica.
Desintoxicação

É preciso lembrar que o Topiramato pode colaborar com a diminuição dos sintomas no processo de abstinência de drogas, mas que não há comprovadamente medicamentos eficazes para tratar a dependência química.

Os remédios sintomáticos são utilizados para aliviar os efeitos do processo de desintoxicação, mas que somente devem ser prescritas por médicos especialistas, já que existe uma série de contra-indicações. Dentre do processo de desintoxicação é preciso também que o paciente se mantenha longe do acesso às drogas.

Esta é uma fase difícil, pois alguns dependentes ficam ansiosos e inquietos pela falta do uso e não conseguem o afastamento total. Cada caso devem ser avaliado individualmente, para que seja desenhado um tratamento personalizado para cada paciente.

 

*Nome:
*E-mail:
Telefone:

Mensagem